21 441 80 03 comercial@saturnonet.com
Laptop Graphics Chip Repair

Reparação de Chip Gráfico do seu portátil. Quer aventurar-se e fazê-lo em casa?

Sabia que pode reparar o Chip Gráfico do seu portátil em casa? Não, não é brincadeira e sim, o método é literalmente “assar” o seu portátil no forno!

O DiárioDigital explica-lhe esta operação passo a passo, mas se não se sentir à vontade em “cozinhar” o seu portátil, mais vale não inventar e trazê-lo à nossa Loja de Reparações, onde será tratado com todo o profissionalismo e usando técnicas de reballing com equipamento próprio para o efeito:

“Entre 2008 e 2010, mais de 50 modelos de computadores portáteis saíram para o mercado com chips gráficos defeituosos da Nvidia. Há centenas dessas máquinas a circular, e todas sofrem com o mesmo problema: os chips gráficos chegam a temperaturas tão altas que literalmente se separam da placa-mãe. Não é brincadeira.

A ideia é simples, mas a execução não é. Antes de assar o seu laptop, é preciso desmontá-lo meticulosamente. O processo não é difícil, mas é extremamente tedioso – há uma série de coisas empilhadas em cima da placa-mãe. Para removê-la, é preciso antes:

– retirar o painel que cobre os botões liga/desliga;
– desaparafusar, desligar e remover o teclado;
– desligar a tela do laptop e as antenas do Wi-Fi;
– retirar as âncoras da tela;
– retirar a tela inteira, os rádios WiFi, o disco rígido, unidade de CD e a RAM;
– abrir o chassi;
– retirar um leitor de cartão PCI-Express e um maldito modem 56K;
– retirar as ventoinhas e dissipadores de calor;
– remover com cuidado o processador.

Acredite-se ou não, assar o laptop é, na verdade, a parte mais fácil. Todos os relatos de sucesso em fóruns de Internet dizem praticamente a mesma coisa: coloque o seu forno a 160-180 graus, apoie a placa-mãe numa caçarola (ou sobre algumas bolas cuidadosamente posicionadas de papel alumínio) e asse cada lado durante 2 a 4 minutos. Deixe-a esfriar e sirva-a no seu chassi original.

Depois de a placa-mãe arrefecer, repete-se o procedimento relatado anteriormente – só que no sentido inverso – e chega-se ao momento da verdade: o laptop volta a ficar operacional.”

Fonte: http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=765715